Defesa de Qualificação de Doutorado - Alana Morais, em 28/11, às 09hs

postado em 18 de nov de 2014 09:43 por Franklin de Souza Ramalho   [ 18 de nov de 2014 09:48 atualizado‎(s)‎ ]

Candidata: Alana Marques de Morais

Título do trabalho: Concepção de um Arcabouço Avaliativo Multidimensional para a Identificação do Perfil Evasivo do Discente em Cursos Online

Orientador(es): Joseana Macêdo Fechine Régis de Araújo e Evandro de Barros Costa

Data: 28/11/2014 
Horário: 9 h
Local: Auditório do CEEI


Banca examinadora:
Joseana Macêdo Fechine Régis de Araújo e Evandro de Barros Costa (orientadores), Edson Pinheiro Pimentel (Universidade Federal do ABC), Jorge Artur Peçanha de Miranda Coelho (UFAL), Leandro Balby Marinho (UFCG), Nazareno Ferreira de Andrade (UFCG).

Resumo: Diante dos elevados índices de evasão e reprovação dos estudantes nos cursos sob a modalidade de Educação a Distância (EaD), o presente trabalho investiga as lacunas no combate ao insucesso do aluno nos Ambientes Virtuais de Ensino e Aprendizagem (AVEA), especificamente por meio do fenômeno da evasão do discente. Neste sentido, é possível afirmar, de acordo com a literatura, que as estratégias adotadas na minimização dos índices de desistência do discente se limitam a avaliação pontual de Recursos Pedagógicos (RP). Além disto, há uma carência de estudos que entendam as interações educacionais do aluno evadido e considerem as incertezas avaliativas envolvidas na análise. Diversas metodologias podem ser utilizadas pelo docente para lidar com a subjetividade e incerteza associada ao processo avaliativo, tais como: lógica fuzzy, redes bayesianas, cadeias de Markov etc. Deste modo, o presente estudo destaca a lógica fuzzy (ou difusa), pois esta técnica resolve a ambiguidade encontrada na definição de um conceito avaliativo. Por exemplo, expressões como um aluno pouco motivado, grande dificuldade ou pouca participação. Assim, as implementações da lógica difusa permitem que estados indeterminados possam ser tratados por dispositivos de controle e conceitos não-quantificáveis possam ser avaliados pelo especialista. Neste sentido, o presente estudo propõe um arcabouço avaliativo a fim de monitorar as turmas virtuais e apoiar o docente de maneira mais eficiente diante de grupos de discentes em situação de iminência evasiva em cursos online. Para tanto, a presente proposta se subsidia nas informações relacionadas ao processo interativo dos alunos com os RPs cadastrados pelo docente durante o processo de ensino-aprendizagem. Deste modo, é possível denominar a análise como multidimensional, pois se avalia o desempenho pedagógico do estudante com base em múltiplos critérios. Por conseguinte, a presente pesquisa destaca três grupos de critérios importantes ao entendimento da desistência do aluno dos cursos online, são eles: Regulação do Aluno, Interação do Aluno e Motivação do Aluno. Tais fatores são importantes para delinear o perfil evasivo do discente de acordo com o contexto analisado. Neste sentido, é importante considerar a presença da lógica fuzzy a fim de lidar com a incerteza associada aos fatores mencionados no arcabouço proposto. A validação inicial do presente arcabouço é realizada com base em dados de cursos online do IFPB Virtual. Por fim, os resultados iniciais apresentam e discutem os desafios da aplicação de um módulo avaliativo multidimensional (FuzzySD) diante do contexto de cursos online brasileiros.

Comments