Defesa de Qualificação de Doutorado de Rodrigo de Almeida Vilar de Miranda

postado em 5 de mai de 2016 09:09 por Coordenação da Pós-graduação em Computação da UFCG   [ 5 de mai de 2016 09:20 atualizado‎(s)‎ ]

Candidato(a): Rodrigo de Almeida Vilar de Miranda

Título do Trabalho: Uma Linguagem de Padrões para o Desenvolvimento de Interfaces Gráficas de Usuário em Aplicações Corporativas

Orientador(es): Hyggo Oliveira de Almeida e Angelo Perkusich

 

Data: 01/06/2016

Horário: 02:00:00

Local: Laboratório Embedded

 

Resumo: 

A manipulação de meta dados pode ser utilizada em aplicações corporativas a fim de reduzir o acoplamento entre a camada da interface gráfica do usuário e a camada do modelo do domínio. Dessa forma, os componentes da interface gráfica são substituídos por meta componentes, que podem ser facilmente reutilizados em domínios diferentes, reduzindo o esforço e melhorando a qualidade no desenvolvimento desse tipo de aplicação. Todavia, nas abordagens baseadas em meta dados existentes, os meta componentes de interface são complexos, entrelaçam muitas responsabilidades em um mesmo artefato e possuem baixa manutenibilidade. Neste trabalho propõe-se uma linguagem de padrões para o desenvolvimento de interfaces gráficas de usuário em aplicações corporativas, com foco em reúso e manutenibilidade. São utilizados meta componentes que podem ser organizados em artefatos pequenos e com responsabilidades bem definidas, com a finalidade de aumentar o potencial de reúso e facilitar a sua substituição. Sete padrões de projeto e um padrão arquitetural foram catalogados a partir das abordagens existentes, abstraindo as boas práticas e propondo correções para as deficiências. Além disso, aqui se apresenta a forma como esses padrões se relacionam e como eles podem ser aplicados por arquitetos de software na construção de arcabouços para interfaces gráficas. Um arcabouço de software foi desenvolvido no intuito de verificar a viabilidade da linguagem de padrões proposta. Alguns experimentos estão sendo planejados e executados para medir o impacto real desse arcabouço em relação às abordagens existentes. Os resultados preliminares apontam para uma forte redução na quantidade de código duplicado na interface gráfica. Também estão previstos experimentos, em ambiente industrial, para medir o impacto do arcabouço no acoplamento, na qualidade e na produtividade do desenvolvimento de interfaces gráficas em aplicações corporativas reais.

 

Banca Examinadora: 

(Membros Internos)

Kyller Costa Gorgônio 

Márcio de Medeiros Ribeiro

(Membros Externos)

Uirá Kulesza, UFRN

Eduardo Martins Guerra, INPE

Comments