Programação Detalhada (PDFs disponíveis)







.


Terça-Feira (21/09/10) Quarta-Feira (22/09/10) Quinta-Feira (23/09/10) Sexta-feira (24/09/10)

.

09:00-09:30 Abertura do WDCopin'10 ESW 05 Palestra RCSD Palestra SINBAD

.

09:30-10:00 Palestra 01 ESW 06 RCSD 01 Palestra MCC
e Lançamento do Livro "Autômatos Finitos"

.

10:00-10:30 ESW 07 RCSD 02 Coffee break

.

10:30-11:00 Coffee break Coffee break Coffee break Mesa Redonda

.

11:00-11:30 Palestra 02 ESW 08 RCSD 03

.

11:30-12:00 ESW 09 RCSD 04 Sorteio de brindes

.

12:00-14:00 Intervalo para almoço Intervalo para almoço Intervalo para almoço Encerramento

.

14:00-14:30 Palestra ESW ESW 10 RCSD 05

.

14:30-15:00 ESW 01 ESW 11 RCSD 06

.

15:00-15:30 ESW 02 ESW 12 RCSD 07

.

15:30-16:00 Coffee break Coffee break Coffee break

.

16:00-16:30 ESW 03 ESW 13 Programação Cultural

.

16:30-17:00 ESW 04 Sorteio de brindes

.

17:00-17:30 Sorteio de brindes
Sorteio de brindes

.

17:30-18:00



Terça-Feira (21/09/10)

Abertura do WDCopin'10
Horário: 09:00 - 09:30

Palestra: "PPGCC-UFCG: Desafios e Metas para os Próximos Anos"
Palestrante: Hyggo Almeida

Horário: 09:30 - 10:30
Resumo: Nesta palestra são apresentados os desafios atuais e a serem enfrentados nos próximos anos, visando a melhoria do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação da UFCG. São discutidas as metas a serem alcançadas bem como as novas diretrizes da pós-graduação de acordo com CNPq, CAPES e a própria UFCG.

Palestra: "Grandes Princípios da Computação"
Palestrante: Jacques Sauvé
Horário: 11:00 - 12:00
Resumo: Ensinamos Computação usando camadas e camadas de tecnologias e alguns poucos princípios vagos e estreitos. Nada surpreendente, pois é assim que entendemos a Computação. Mas abaixo dessas camadas estão "Grandes Princípios" que devem ser libertados e ensinados. A palestra trata desses "Grandes Princípios da Computação" e elabora sobre as mudanças que poderiam ocorrer no ensino e na pesquisa se fossem libertados, destacados e adotados. Uma vantagem imediata de assistir a esta palestra é que você obterá (espero) uma visão mais compacta, convincente e coerente da Computação.

Palestra: "Resumo das Pesquisas na Área de Engenharia de Software"
Palestrante: Jorge Abrantes
Horário: 14:00 - 14:30
Resumo: Esta palestra apresenta um resumo das pesquisas na área de Engenharia de Software que estão sendo desenvolvidas atualmente no programa de pós-graduação em Ciência da Computação da UFCG.


ESW 01: "Infraestrutura para o Desenvolvimento de Aplicações Pervasivas Cientes de Redes Sociais"
Aluno: Daniel Bruno Alves dos Santos
Horário: 14:30 - 15:00
Palavras-chave: Redes Sociais, Redes Sociais Móveis, contexto social, contexto de localização, Middleware
Resumo: Redes Sociais Móveis são o resultado da integração entre o paradigma de Computação Pervasiva com os serviços sociais da web. Elas possibilitam que usuários localizados simultaneamente em um mesmo local, realizem e compartilhem atividades de interesse comum, em qualquer lugar, a qualquer momento. A fim de possibilitar a construção rápida de aplicações para esse domínio, se faz necessária a utilização de middlewares, infraestruturas e/ou frameworks, que capturem, gerenciem e disponibilizem as informações de contexto através de APIs. Esse trabalho propõe uma infraestrutura para o desenvolvimento de aplicações pervasivas cientes de redes sociais, que disponibiliza as seguintes funcionalidades: (i) aquisição e persistência das informações de contexto social e de localização, provenientes dos dispositivos móveis dos usuários e das redes sociais online; e (ii) API para acesso às informações de contexto persistidas.

ESW 02: "Uma infra-estrutura de comercialização de serviços móveis P2P"
Aluno: Lucas Vieira de Souza
Horário: 15:00 - 15:30
Palavras-chave: comercialização, serviços móveis, bilhetagem
Resumo: O avanço dos recursos computacionais dos dispositivos portáteis e a agregação de novas funcionalidades a estes aparelhos criam novas oportunidades de uso dentro do universo da computação pervasiva. A grande diversidade desses dispositivos, aliados aos padrões de conectividade e disponibilização de serviços torna praticável o compartilhamento de recursos entre os usuários. Nesse contexto, é possível considerar que os dispositivos portáteis viabilizam um modo de realizar comércio eletrônico entre consumidores, criando novas possibilidades de negócios e de serviços. Esse trabalho propõe o desenvolvimento de uma infra-estrutura de comercialização de serviços móveis entre pessoas. O objetivo do desenvolvimento dessa infra-estrutura é permitir a criação de cenários onde qualquer pessoa portando um dispositivo possa comercializar serviços e conteúdos através de uma rede sem fio.

ESW 03: "Infraestrutura para o Desenvolvimento de Aplicações de Larga Escala Baseadas em Localização"
Aluno: Lorena Fernandes Maia
Horário: 16:00 - 16:30
Palavras-chave: Computação pervasiva, sistemas baseados em localização, arquitetura baseada em plug-ins
Resumo: A disponibilidade de dispositivos móveis com tecnologias como GPS , Wi-Fi, 3G, Bluetooth, etc., tem incentivado o desenvolvimento de sistemas baseadas em localização. Esses sistemas abrangem comércio, saúde, clima, entre outras áreas, provendo diferentes tipos de serviços, os quais, em sua maioria, menosprezam as preferências do usuário oferecendo informações genéricas e pouco significativas. Além disso, cada área possui fontes de dados distintas com interfaces específicas. Considerando as limitações de dispositivos móveis, as informações nem sempre estão disponíveis localmente, sendo necessário a utilização de um servidor remoto. Motivado por esses fatores a produção desse trabalho tem por objetivo a criação e avaliação de uma infraestrutura para o desenvolvimento de aplicações de larga escala, as quais proveêm diferentes tipos de serviços com base na localização do usuário, considerando as preferências dos mesmos.

ESW 04: "Verificação Visual de Programas Ladder Baseada em Modelos"
Aluno: Leonardo Rodrigues Sampaio
Horário: 16:30 - 17:00
Palavras-chave: Sistemas de Controle, Ladder, Verificação
Resumo: Sistemas de controle são utilizados na indústria na realização de tarefas críticas, falhas nestas operações muitas vezes acarretam em perdas dispendiosas e podem colocar a segurança da planta em risco, portanto garantir a corretude de programas implementados nesses dispositivos é necessário.
Técnicas de verificação desenvolvidas pela academia muitas vezes primam por aspectos técnicos mas possuem pouca aceitação na indústria devido ao necessário domínio de conceitos avançados como métodos formais.
O objetivo deste trabalho é a criação de um método de verificação de conformidade visual de fácil utilização, tendo como principal requisito uma curva de aprendizado suave, de forma que programadores Ladder possam utilizar a ferramenta desenvolvida sem a necessidade de treinamento específico, fazendo uso apenas do ferramental teórico com o qual estão acostumados.

Quarta-Feira (22/09/10)


ESW 05: "Usando MDA para Modelagem e Geração Automática de Arquiteturas de Teste para Sistemas de Tempo Real"
Aluno: Everton Leandro Galdino Alves
Horário: 09:00 - 09:30
Palavras-chave: Tempo real, TDM, UTP, UML, arquiteturas de teste
Resumo: As atividades de projeto e teste de sistemas de tempo real na atualidade ainda são extremamente desafiadoras, sendo a qualidade das mesmas diretamente proporcionais ao quão experiente são seus projetistas e testadores. Tal fato se deve principalmente porque esta classe de sistemas computacionais possui um conjunto de características diferenciadas (e.g. restrições de tempo e interrupções) aumentando assim sua complexidade de desenvolvimento. Abordagens como Model-Driven Architecture (MDA) e Model-Driven Testing (MDT) têm procurado elevar os modelos ao centro dos processos de desenvolvimento e de teste respectivamente, com o intuito conseguir automaticamente a geração de artefatos (e.g. código e casos de teste). Porém, diversas lacunas ainda impedem que estas promissoras abordagens também possam ser usadas em sua plenitude no contexto dos sistemas de tempo real. Desta forma, este trabalho objetiva por fornecer o embasamento necessário para permitir o uso destas abordagens neste contexto. Para tal, propomos um conjunto de diretrizes para modelagem de STR usando UML, bem como uma extensão ao perfil de testes da UML (UTP). Tais realizações permitirão que arquiteturas de teste para STR possam ser adequada e automaticamente geradas em diferentes níveis de abstração.

ESW 06: "Ensinando programação à distância: estudo da sua eficácia em comparação com o ensino presencial"
Aluno: Mariana Romão do Nascimento
Horário: 09:30 - 10:00
Palavras-chave: Educação à distância; ensino de programação; alunos iniciantes
Resumo: A adoção da Educação à Distância vem crescendo nas universidades brasileiras como uma alternativa ou como complemento ao ensino presencial tradicional. No entanto, a maior parte dos cursos criados está relacionada às ciências humanas e licenciaturas, tornando evidente a dificuldade em ensinar conteúdos que se concentram no desenvolvimento de habilidades práticas (tais como as engenharias ou computação), devido principalmente à necessidade de laboratórios. Porém, apesar do fato da programação de computadores ser uma disciplina prática, ela requer apenas software e um computador simples como infraestrutura laboratorial, o que torna viável seu ensino à distância. Assim, este trabalho destina-se a desenvolver um curso à distância de programação, para alunos iniciantes, e analisar sua eficácia quanto à aprendizagem dos alunos comparativamente ao ensino presencial. Os resultados obtidos mostram que, nas avaliações, de 46,7% a 87,5% dos alunos da turma à distância possuem um desempenho maior do que um limite inferior necessário à aprovação, demonstrando uma boa eficácia do curso em relação ao aprendizado dos alunos.

ESW 07: "Geração automática de scripts de testes em ambiente 61850"
Aluno: Alan de Farias Cruz
Horário: 10:00 - 10:30
Palavras-chave: geração automática, testes, 61850
Resumo: O protocolo IEC 61850 é destinado a aplicações em geração, transmissão e distribuição de energia elétrica. O que difere dos protocolos anteriores é a padronização dos modelos de dados, comunicação e serviços, permitindo a interoperabilidade entre dispositivos eletrônicos inteligentes (IED) de diferentes fabricantes num canal de comunicação compartilhado de alta velocidade usando redes de fibra ótica e ethernet, reduzindo os gastos com cabeamento. Porém essa comunicação não é trivial; Um IED previamente testado pelo fabricante possui todas as funções funcionando com comportamento esperado. A troca de mensagens entre IEDs podem gerar instabilidades e comportamentos no sistema que não foram previstos. Esses comportamentos imprevistos podem causar o problema de explosão de estados. Ao se aplicar testes usando uma metodologia dará confiança que o sistema funcionará da forma esperada, porém, não é possível garantir que todo o comportamento está testado. Como uma subestação elétrica possui vários componentes conectados, e existem várias combinações entre eles, os casos de testes não podem ser gerados manualmente. Para resolver este problema utilizam-se técnicas de geração automática de testes, aplicadas diretamente aos IED em ambientes 61850

ESW 08: "Uma Arquitetura MDA Estendida para Transformações de Sistemas Concorrentes Preservadoras de Semântica"
Aluno: Paulo Eduardo e Silva Barbosa
Horário: 11:00 - 11:30
Palavras-chave: MDA, semântica formal, sistemas concorrentes
Resumo: MDA é uma tendência atual de desenvolvimento de software que visa alterar o foco e esforços dos modelos atuais. O método de implementação é alterado de apenas produção de código, para modelos, metamodelos e transformações. Atualmente, essa abordagem tem sido diversificada com novos paradigmas que vão bem além do uso exclusivo dos padrões da OMG, como proposto inicialmente. Contudo, a arquitetura MDA ainda sofre com a falta de formalização de alguns de seus artefatos e processos, levando a vários tipos de problemas. Um exemplo é o alto grau de ambigüidade dos modelos e transformações, originando problemas de baixa confiabilidade. Como uma das conseqüências disso, um problema recorrente se dá no fato de que atualmente não existe uma maneira de garantir que transformações MDA sejam preservadoras de semântica, e nem que seus modelos envolvidos nas transformações sejam formais o  suficiente para se permitir o uso de técnicas de verificação. Isto leva a questionamentos e críticas sobre a eficácia dessa abordagem. Esta tese de doutorado propõe lidar com esse problema incorporando abordagens consolidadas de métodos formais na arquitetura MDA para o contexto específico software para sistemas embarcados com características de concorrência. Com isso, obtém-se a verificação de transformações envolvendo modelos de sistemas concorrentes. Propomos extensões para parte da arquitetura MDA para que se possa construir modelos semânticos que representem aspectos estáticos e dinâmicos, ambos essenciais na semântica dos modelos envolvidos nas transformações e mecanismos de checagem de equivalência desses modelos. Esta extensão inclui: (i) metamodelos semânticos e  conjuntos de transformações representando equações semânticas; e (ii) um conjunto de regras de simplificação para avaliação dos modelos semânticos que processam os estados desses modelos e inferem conclusões e verificações automáticas de equivalência entre esses modelos. Como avaliação do trabalho, provas de conceito estudos de caso envolvendo sistemas reais foram implementados e avaliados verificando equivalência entre modelos ao nível de transformações PIM-para-PIM, PIM-para-PSM e PSM-para-PSM como modelos de sistemas concorrentes descritos em redes de Petri no contexto de projetos para software de sistemas embarcados.

ESW 09: "Uma API para implementação e execução automatizada de testes de sistema de aplicações distribuídas"
Aluno: Giovanni Farias da Silva
Horário: 11:30 - 12:00
Resumo: A atividade de testes vem sendo cada vez mais utilizada para assegurar que o produto atenda às especificações do cliente. Teste de sistema de software é aquele destinado a testar a aplicação completa e integrada, como também deve ser executado em condições similares às quais o produto será submetido quando em produção. A automatização dos testes é um recurso amplamente desejado por reduzir drasticamento o custo envolvido na execução dos mesmos. Contudo, produzir testes automáticos é, muitas vezes, inviável devido a falta de ferramentas que deem ao desenvolvedor a possibilidade de configurar, implantar e executar o software a ser testado da forma desejada. Considerando o contexto de aplicações distribuídas, a realização de testes, manuais ou automáticos, dificulta significativamente devido às suas características - concorrência e distribuição. Esse trabalho propõe a especificação de uma API que permita a escrita e execução automática de testes de sistema de aplicações distribuídas, bem como a construção e avaliação de um estudo de caso da API proposta implementado em Java.

ESW 10: "Verificação de Conformidade entre diagrama de sequencia UML e código Java"
Aluno: Sebastião Estefânio Pinto Rabelo Júnior
Horário: 14:00 - 14:30
Palavras-chave: UML, checagem de conformidade, Java
Resumo: Diagramas de de sequencia são os diagramas UML  mais populares usados para descrever aspectos comportamentais de sistemas de software. Apesar disso, não existe uma abordagem sistemática que dê suporte a verificação automática entre os comportamento projetado e o código fonte implementado. A proposta deste trabalho é apresentar uma abordagem para checar essa conformidade, cuja principal contribuição é permitir que desenvolvedores e gerentes de projeto possam detectar defeitos na implementação de projetos comportamentais. Além disso uma ferramenta de apoio a esta abordagem está sendo construída.

ESW 11:
"Uma Avaliação Experimental de Técnicas de Re-Teste Seletivo para Teste de Regressão Baseado em Especificação"
Aluno:  Francisco Gomes de Oliveira Neto
Horário: 14:30 - 15:00
Palavras-chave: Teste de Regressão, Teste baseado em Modelos, Seleção de Casos de Teste
Resumo: Técnicas de re-teste seletivo para teste de regressão baseado em especificação são bastante utilizadas para aumentar a confiabilidade de sistemas computacionais cujas funcionalidades ou requisitos foram modificados ao longo do tempo. Existem diversas técnicas definidas na literatura, mas ainda não há muito conhecimento acerca de seus benefícios, limitações e características, a não ser por expectativas. Estes aspectos podem ser investigados através de um estudo experimental, onde as técnicas são executadas em um ambiente controlado, e seus resultados são analisados através de recursos estatísticos. A partir desta motivação, este trabalho apresenta uma investigação experimental acerca de cinco técnicas de re-teste seletivo baseado em especificação sob cinco aspectos: inclusão, precisão, eficiência, potencial de redução e densidade de faltas. Estes critérios foram escolhidos por serem amplamente utilizados na avaliação de técnicas de teste de regressão. Seguindo todas as etapas de um processo experimental, foi possível obter conclusões estatisticamente significativas a respeito do desempenho das técnicas analisadas.

ESW 12: "Simulação de Evolução de Software Baseada em Modelagem Estatística de Padrões de Mudanças Estruturais"
Aluno: Jemerson Figueiredo Damásio
Horário: 15:00 - 15:30
Palavras-chave: evolução de software, modelagem, estatística, simulação
Resumo: As pesquisas em Engenharia de Software demandam, cada vez mais, métodos científicos apropriados para guiar os estudos experimentais da área. Nesse contexto, técnicas estatísticas mostram-se extremamente apropriadas e cada vez mais utilizadas neste meio. No entanto, estudos estatísticos demandam, em sua maioria, a obtenção de amostras que representem adequadamente uma população.  Mais particularmente, no caso da avaliação de técnicas específicas (e.g.: recuperação arquitetural), emerge a necessidade de amostras que representem a evolução estrutural de softwares. Todavia, obter tais amostras é uma tarefa pouco trivial, dada a complexidade de acesso a este tipo de informação. Além disso, modelos que porventura poderiam suportar a simulação da evolução típica de um software não são conhecidos. Desta forma, este trabalho objetiva conceber suporte teórico e ferramental para simulação realista de evolução de software, com a finalidade de aprimorar os estudos experimentais em Engenharia de Software. Para tal fim, propomos a concepção de um modelo estatístico para as mudanças estruturais de software e um framework de simulação como prova de conceito. Resultados iniciais apontam para a concretização teórica do modelo e sua concretização em termos do framework de simulação já concebido.

ESW 13: "Uma abordagem orientada a serviço para o gerenciamento de energia em redes pervasivas utilizando o padrão UPnP"
Aluno: Paulo Rômulo Alves Barros
Horário: 16:00 - 16:30
Palavras-chave: gerenciamento de energia, redes pervasivas, UPnP
Resumo: Com o avanço e padronização das tecnologias de comunicação sem fio, a computação pervasiva vai se tornando possível à medida que o tempo passa. Um exemplo desse fato é o padrão UPnP, o qual vem sendo usado de maneira crescente na implementação de ambientes ubíquos, onde diversos dispositivos cooperam para prover informações e serviços na hora e lugar certos. No entanto, para que as aplicações sejam executadas de maneira satisfatória, os nós da rede envolvidos devem permanecer ligados por todo o tempo que a aplicação estiver disponível, mesmo que não haja requisições. Sabe-se que redes pervasivas são constituídas, em sua maioria, por dispositivos móveis, alimentados por baterias. Aumentar o tempo de duração desse tipo de fonte de energia é um dos maiores desafios de pesquisa na área. Várias abordagens já foram propostas com o intuito de otimizar o consumo de dispositivos utilizados de maneira isolada, sem levar em conta a característica cooperativa das aplicações pervasivas. Este trabalho tem como objetivo propor e implementar uma abordagem transversal, ciente do consumo (energy-aware) e orientada a serviço para gerenciamento de energia em redes pervasivas construídas sob o padrão UPnP.


Quinta-Feira (23/09/10)

Palestra: "Resumo das Pesquisas na Área de Redes de Computadores e Sistemas Distribuídos"
Palestrante: Marco Spohn

Horário: 09:00 - 09:30
Resumo: Esta palestra apresenta um resumo das pesquisas na área de Redes de Computadores e Sistemas Distribuídos que estão sendo desenvolvidas atualmente no programa de pós-graduação em Ciência da Computação da UFCG.

RCSD 01: "Eficiência Energética em Grades Computacionais P2P Oportunistas"
Aluno:  Lesandro Ponciano dos Santos
Horário: 09:30 - 10:00
Palavras-chave: Eficiência energética, grades computacionais P2P oportunistas, escalonamento de tarefas bag-of-tasks, modos sleeping
Resumo: Nos últimos anos tem crescido a preocupação com o consumo de energia dos sistemas computacionais, uma vez que o uso ineficiente da energia impacta negativamente no meio ambiente e no custo financeiro para operação desses sistemas. Este trabalho investiga o problema do uso ineficiente da energia em infraestruturas de grades computacionais entre-pares (P2P) oportunistas. Essas grades utilizam o poder computacional de recursos durante períodos de ociosidade. Destacamos duas evidências de que o uso da energia nessas grades pode ser mais eficiente: (i) os recursos que compõem a grade apresentam diferentes características energéticas e os escalonadores de tarefas mais utilizados não consideram essas diferenças; (ii) alguns recursos permanecem ociosos aguardando a chegada de uma tarefa nos períodos em que a oferta de recursos na grade é maior que a demanda de tarefas e, nesses períodos, os recursos apresentam consumo de energia significativo. Nesse sentido, este trabalho visa prover estratégias capazes de economizar energia na grade por meio da redução do consumo de energia dos recursos durantes os períodos de ociosidade e do escalonamento de tarefas ciente das características energéticas dos recursos. As estratégias são avaliadas em termos da economia de energia provida e do impacto gerado no tempo de resposta da aplicação. Resultados preliminares mostram que as estratégias propostas podem reduzir o consumo de energia da grade com um pequeno custo associado em termos do aumento no tempo de resposta das aplicações.

RCSD 02: "Ad Hoc Grid: uma grade computacional auto-organizável utilizando multicast e XMPP"
Aluno: Rodrigo Lopes da Silva
Horário: 10:00 - 10:30
Palavras-chave: Grades, Ad Hoc, auto-organizável, XMPP
Resumo: Grades computacionais consistem em sistemas que permitem o compartilhamento de recursos computacionais. Tais grades possibilitam o compartilhamento de uma quantidade de recursos sem precedentes e grande capacidade de expansão para aplicações paralelas, apresentando um custo bastante reduzido em relação aos supercomputadores paralelos. Um novo conceito nessa área são as grades Ad Hoc que vem sendo desenvolvidas visando simplificar a instalação, manutenção e utilização de grades computacionais. As mesmas apresentam como características a independência de tecnologias, arquitetura e controle, sendo formadas por computadores heterogêneos em uma comunidade, sem uma estrutura fixa predefinida. A proposta desse trabalho consiste no desenvolvimento e avaliação de uma grade computacional Ad Hoc (Ad Hoc Grid) a partir do middleware OurGrid. Serão utilizados como mecanismos de comunicação multicast e XMPP. O primeiro mecanismo será utilizado para atividades relativas à auto-organização da grade, enquanto que o segundo será utilizado para as trocas de dados entre os componentes da grade.

RCSD 03: "Explorando Novas Políticas de Compartilhamento numa Grade Entre-pares"
Aluno: Matheus Gaudencio do Rêgo
Horário: 11:00 - 11:30
Palavras-chave: Políticas de compartilhamento, Incentivos, Grades entre-pares
Resumo: Grades entre-pares surgem como um meio para agregar mais recursos numa escala cade vez maior. As decisões de como estes recursos são compartilhados são definidas por políticas a serem seguidas pelos participantes. Uma política implementada numa grade entre-par (OurGrid) e em uso atualmente é a rede-de-favores. Na rede-de-favores os pares buscam se retribuir incentivando a colaboração e escanteando nós caloteiros (ou seja: nós que não contribuem ao sistema). Este trabalho busca avaliar novas políticas que sejam alternativas ou complementem a rede-de-favores. Em especial, é proposto uma nova política genérica que, em experimentos preliminares, foi capaz de aumentar a capacidade de escantear nós calotérios e aumentar a capacidade de retribuição entre-pares. Considerando a nova política, há uma proposta inicial sobre como definir uma política que considere a presença de nós com identidade forte no sistema e de nós voluntários (i.e. não esperam retribuição).

RCSD 04: "Predição da Qualidade de Serviço em uma Grade Computacional P2P"
Aluno: Marcus Williams Aquino de Carvalho
Horário: 11:30 - 12:00
Palavras-chave: grades computacionais, sistemas p2p, técnicas de predição, análise de desempenho
Resumo: As grades peer-to-peer (P2P) oportunistas são infraestruturas computacionais que se baseiam no compartilhamento do poder de processamento ocioso de máquinas pertencentes a diversas entidades, oferecendo uma alternativa de baixo custo para a execução de aplicações paralelas compostas por tarefas independentes (ou bag-of-tasks). Um problema enfrentado por alguns usuários desses sistemas, principalmente quando suas aplicações possuem restrições de tempo para serem executadas, é a incerteza na qualidade de serviço provida pela grade. Tanto a demanda dos usuários por máquinas do sistema quanto a oferta de máquinas disponíveis à grade tendem a variar bastante. Estes aspectos dificultam uma estimativa do que os usuários podem obter da grade ao executar suas aplicações. Tendo em vista a importância desta estimativa para vários usuários, neste trabalho é proposto e avaliado um modelo de predição da qualidade de serviço de uma grade computacional P2P, baseado no conhecimento do sistema e no histórico das interações entre seus participantes. Mais especificamente, o modelo oferece uma estimava da quantidade de máquinas que um usuário é capaz de obter da grade em períodos de tempo futuros.

RCSD 05: "Análise da Eficiência em termos de Velocidade de Download em Comunidades BitTorrent"
Aluno: Jaindson Valentim Santana
Horário: 14:00 - 14:30
Palavras-chave: peer-to-peer, p2p, bittorrent, velocidade, download, comunidade
Resumo: Pesquisas recentes tem mostrado que, embora tenha ocorrido um decréscimo no tráfego de sistemas de compartilhamento P2P na Internet em relação a outros serviços, ainda é possível observar um aumento de seu tráfego em valores absolutos. Dentre os sistemas utilizados, o BitTorrent se apresenta como o mais utilizado.
Uma das práticas utilizadas por alguns usuários BitTorrent consiste em criar ou se unir ao que chamamos de comunidades. Elas são criadas visando: amenizar problemas encontrados no sistema como poluição de conteúdo, unir usuários com interesses em comum, estabelecer uma rede social que agregue serviços além da distribuição de conteúdo, melhorar a qualidade de serviço, etc. Além disso, normalmente elas utilizam regras/políticas de conduta que seus usuários devem obedecer para fazer parte dela. Como foi dito, a qualidade de serviço é uma das preocupações que levam os usuários a participarem de uma comunidade. No caso do BitTorrent, a qualidade de serviço pode ser vista em termos da velocidade de download experimentada por seus usuários. O objetivo deste trabalho consiste na investigação de que fatores externos ao protocolo BitTorrent, mas presentes nestas comunidades, influenciam a qualidade de serviço experimentada pelos usuários das comunidades BitTorrent.

RCSD 06: "Estimando o valor de uma Grade P2P usando provedores de Infraestrutura como Serviço como parâmetro de comparação"
Aluno: Edigley Pereira Fraga
Horário: 14:30 - 15:00
Resumo: As ofertas de Infraestrutura como Serviço (IaaS, do inglês infrastructure-as-a-service) destacaram-se, originalmente, por oferecer alta confiabilidade, segurança, desempenho, es- calabilidade, elasticidade e disponibilidade. Embora essas características sirvam de chama- riz, nem todas as aplicações realmente as demandam e a relação custo/benefício pode desestimular a execução de tais aplicações sobre IaaS, devido aos preços cobrados pelo serviço. Até então, a opção mais barata para a execução de aplicações desse tipo é a execução sobre ambientes oportunistas (computação em grade voluntária ou grades de desktops). No entanto, recentemente um novo modelo de negócio envolvendo IaaS foi implantado pela Amazon: a opção Spot Instances, que enfraquece as características de elasticidade e disponi- bilidade em função de um preço mais baixo para venda de suas máquinas virtuais, objeti- vando atingir aplicações que possuam flexibilidade de início e término e cuja execução só se torna viável a custos baixos, isto é, direciona-se justamente para o nicho descrito anterior- mente. Considerando esses dois cenários, o presente trabalho pretende comparar, do ponto de vista do usuário, a utilidade oferecida por uma grade oportunista em relação a esse novo modelo de negócio envolvendo a oferta de Infraestrutura como Serviço, identificando as vantagens e desvantagens de cada um diante dos aspectos de custos e eficiência (makespan).


RCSD 07: "Análise de Protocolos de Roteamento em Redes Móveis Ad Hoc Baseada em um Modelo Realístico de Bateria"
Aluno: José Athayde Torres Costa Neto
Horário: 15:00 - 15:30
Resumo: A maioria dos protocolos de roteamento de redes móveis ad hoc propostos até o momento, foram avaliados utilizando algum simulador de redes. No entanto, a maior parte desses simuladores utilizam um modelo de bateria linear, que produz resultados incorretos, por não levar em consideração o efeito de recuperação da capacidade da bateria quando os nós ficam ociosos. Nesse trabalho iremos reavaliar três protocolos de roteamento (AODV, DSR e OLSR) utilizando o simulador de rede ns-2 e considerando o modelo realístico de bateria de Rakhmatov-Vrudhula. Essa análise permitirá compreender detalhes mais precisos desses protocolos, atentando para métricas importantes como o consumo de energia dos nós e o tempo de vida da rede. Os resultados obtidos até então mostram uma grande diferença no consumo de energia entre os modelos linear e realístico de bateria. No modelo realista a energia dos nós é consumida mais lentamente em relação ao modelo linear, devido a recuperação da capacidade da bateria, e com isso apresentando um maior tempo de vida da rede, podendo entregar uma quantidade maior de pacotes aos nós destinos.

Sexta-feira (24/09/10)

Palestra: "Resumo das Pesquisas na Área de Sistemas de Informação e Banco de Dados"
Palestrante: Ulrich Schiel

Horário: 09:00 - 09:30
Resumo: Esta palestra apresenta um resumo das pesquisas na área de Sistemas de Informação e Banco de Dados que estão sendo desenvolvidas atualmente no programa de pós-graduação em Ciência da Computação da UFCG.

Palestra:
"Resumo das Pesquisas na Área de Modelos Computacionais e Cognitivos"
Palestrante:  Bernardo Lula

Horário: 09:30 - 10:00
Resumo: Esta palestra apresenta um resumo das pesquisas na área de Modelos Computacionais e Cognitivos que estão sendo desenvolvidas atualmente no programa de pós-graduação em Ciência da Computação da UFCG.

Lançamento do Livro: "Autômatos Finitos - com uma introdução aos Autômatos Finitos Quânticos"
Autores: Elloá Barreto Guedes da Costa e Bernardo Lula Jr.
Mais informações em: https://sites.google.com/site/elloaguedes/publicacoes/livro

Mesa Redonda: "(Des)Construindo a revisão em pares em ciência da computação"
Mediador: Tiago Massoni
Participantes: Prof. Dr. Francisco Brito (Unidade Acadêmica de Física - UFCG), Prof. Dr. João Marques (Unidade Acadêmica de Engenharia Elétrica - UFCG)
Horário: 10:30 - 11:30
Resumo: A revisão em pares (peer review) é um dos pilares de evolução da ciência, estabelecido no século XVII para o julgamento de trabalhos científicos. No entanto, vários aspectos do processo têm sido discutidos pela comunidade científica. Particularmente, em Ciência da Computação, o processo apresenta reconhecidas falhas, resultando em revisões irrelevantes, revisores sobrecarregados e autores insatisfeitos. O objetivo da mesa redonda é discutir estes problemas, e soluções que possam aprimorar o processo.
Textos de referência:
  • Scaling the academic publication process to internet scale (link)
  • Why Peer Review Matters (link)