Defesa de dissertação de Camilla Crispim 15/3 às 8h

postado em 22 de fev de 2013 06:05 por Nazareno Ferreira de Andrade   [ 5 de mar de 2013 06:55 atualizado‎(s)‎ ]
Candidato: Camilla Falconi Crispim
Título do trabalho: Geração Automática de Manobras para Sistemas Eletroenergéticos
Orientador(es): Jacques Philippe Sauvé

Data: 15/03/2013
Horário: 14h
Local: CEEI

Banca examinadora: Wellington Santos Mota (UFCG), Jorge Abrantes de Figueiredo (UFCG). 

Resumo: Manobras são executadas na rede elétrica para que não haja interrupção no fornecimento de energia, causada por eventos aleatórios, como falha ou sobrecarga de equipamentos, ou para realizar a manutenção de equipamentos. A geração de manobras é normalmente manual; a elaboração de uma manobra pode demorar de uma hora e a um dia, dependendo da complexidade da manobra e do número de equipamentos envolvidos. O pouco tempo para a geração das manobras, principalmente em situações de contingência, aumentam a probabilidade de ocorrência de erros nas manobras. Os fatores relacionados à demora na geração da manobra, às falhas na análise dos efeitos da manobra na rede e à alta susceptibilidade de erros, podem afetar negativamente o sistema elétrico e a companhia elétrica, diminuindo a segurança no sistema e aumentando as perdas monetárias associadas principalmente à indiponibilidade de equipamentos e à interrupção do fornecimento de energia. Este trabalho propõe uma nova abordagem para a geração automática de manobras para sistemas eletroenergéticos; a abordagem tem as principais características de uma solução ideal para o problema. A técnica, para gerar manobras automaticamente, (i) se baseia na topologia de tempo real da rede elétrica; (ii) usa regras de intertravamentos baseadas na configuração topológica da rede e nos princípios elétricos dos dispositivos, garantindo a segurança do sistema e do pessoal; (iii) usa algoritmos genéricos que independem dos arranjos específicos dos equipamentos e do número de equipamentos na subestação. Para verificar a corretude da solução no escopo de uma companhia elétrica real, as manobras geradas automaticamente são comparadas às manobras padrão feitas manualmente pelos operadores e/ou supervisores da CHESF. Ao todo, mais de 1300 roteiros foram comparados. Para liberação de disjuntor, o percentual de acerto foi de 91,1%; e para normalização de disjuntor, o percentual de acerto foi de 90,4%. A mediana dos tempos de geração automática de manobras foram de 14ms e 16ms para liberação e normalização de disjuntor, respectivamente. A outra forma de validação da técnica proposta baseia-se em um sistema prova-de-conceito (SmartSwitch). Esse sistema se destina aos operadores e supervidores da CHESF. Um grupo selecionado de especialistas na geração de manobras é responsável pela avaliação desse sistema a respeito de sua usabilidade e da corretude das manobras geradas. A avaliação inicial feita por esse grupo mostra que a técnica é capaz de gerar, em situações normais de topologia, operações de seccionamento corretas e seguras do ponto de vista elétrico. Percebeu-se também alto nível de aceitação do sistema SmartSwitch por parte dos operadores e supervisores de operação da CHESF.
Comments